• Apesar de altos e baixos, Morredores inicia 2015 com pódios e vitórias.

O ano iniciou e a Morredores viveu momentos bons e ruins no início da temporada.

01_p

Carro de Patrick Brilhante, da DTM da Liga Alta Velocidade Virtual.

O pontapé inicial ficou por conta das categorias DTM na Alta Velocidade Virtual e da NF1 da Liga NeoBR, ambas no simulador rFactor2.

Na DTM, Patrick Brilhante estreou no simulador rFactor2 disputando bastante e fechando na 8a colocação, enquanto os pilotos Eduardo Carneiro, Edilson Carneiro e Higo Jefferson estreavam na Fórmula-1 da NeoBR.

Patrick fez uma bela apresentação e mesmo após alguns problemas, conseguiu se recuperar e fechou na 8a colocação.

Já na NF1, categoria da NeoBR que simula a utilização de um carro da Fórmula 1, a Morredores tinha uma boa oportunidade de fechar no pódio, com Higo Jefferson andando forte e bastante consistente, porém um erro na entrada dos box o fez perder a chance de pódio, fechando apenas na 15a posição.

Edilson Carneiro também não teve vida fácil. Tendo que se adaptar durante o qualy e corrida a um problema em seu volante, Edilson largou apenas na 17a colocação e fechou apenas em 18o, fazendo apenas o necessário para somar alguns pontos para a equipe.

E a salvação foi Eduardo Carneiro, que fez uma corrida consistente e com poucos erros, garantindo uma boa 6a colocação na etapa.

1

Eduardo fecha na 6a colocação na estréia da Morredores na NF1.

Dando continuidade ao primeiro ciclo de etapas de 2015, a equipe foi à pista novamente na quinta-feira, com Patrick Brilhante conquistando uma vitória e um segundo lugar na bateria dupla da categoria Open/Ligth da ligaVPG, utilizando o simulador rFactor2 com sua BMW.

Patrick inicia bem na categoria, liderando a competição com 2 pontos à frente de seu principal adversário e se mostrando ser um forte candidato a trazer mais um título de pilotos na categoria, que atualmente tem Eduardo Carneiro como atual campeão.

E no sábado a equipe voltou às pistas para uma prova de 2 horas e meia de duração, na primeira etapa da Endurance da NeoBR. Edilson Carneiro, Higo Jefferson e Eliano Costa fizeram um ótimo trabalho na abertura da categoria.

e1

Edilson Carneiro vence a primeira etapa da Endurance em 2015.

Andando na categoria P1, Edilson Carneiro conquistou sua primeira vitória na liga, seguido por Higo Jefferson que colocou outro carro da Morredores VRT no pódio, fechando na 3a colocação na primeira de quatro etapas de 2 horas e meia de duração.

e9

Eliano Costa crava a pole, mas tem problemas e fecha na 4a colocação.

Eliano Costa compete pela categoria P2 e inicou o ano cravando a pole da categoria. Eliano seguia firme para disputar a vitória, mas acabou tendo problemas nos box e precisou remar muito para fechar em uma boa quarta colocação.

4

Treino para a categoria Indycar N1.

E para fechar o primeiro ciclo de etapas, terça-feira foi dia da Indycar N1 da NeoBR, categoria que conta com a maior participação de pilotos (5 pilotos inscritos). A equipe tinha um bom carro para iniciar a temporada, mas falhou durante a classificação largando todos os pilotos além da 10a colocação no grid.

Eduardo Carneiro foi o primeiro a abandonar, largando mal, o piloto se envolveu em acidente na primeira curva e desistiu da etapa. Edilson Carneiro vinha em uma excelente 5a colocação após largar em 14o, até que um bug do simulador fez um carro aparecer em cima do carro do piloto, que perdeu o controle e colidiu com o muro. Após corrida de recuperação, Edilson figurava na 5a colocação faltando 2 minutos para o final, quando um retardatário ocasionou um incidente que jogou o piloto novamente para o fim do grid, mas agora sem chances de recuperação.

Higo Jefferson fez uma corrida consistente e com poucos erros e fechou na 9a colocação, enquanto Eliano Costa abandonou ao não conseguir desviar de um carro rodado na pista. Patrick Brilhante vinha em uma boa corrida de estreia quando acabou abandonando sem combustível na última volta.

A equipe luta para conseguir resultados que façam jus a qualidade de seus pilotos na categoria. Após o vide-campeonato de Higo Jefferson em 2014, muitos fatores externos influenciaram nos resultados da equipe na categoria em que os pilotos mais gostam de correr.

E assim fecha o primeiro ciclo de corridas do ano. Alguns altos e baixos, mas com a expectativa de um bom campeonato nas categorias em que a equipe corre. Segunda-feira inicia um novo ciclo com as categorias DTM (AVV) e NF1 (NeoBR).